As últimas revistas semanais do resto de nossas vidas – como elas são hoje

Veja sobe no muro, como os tucanos que idolatra, e diz que o melhor é nem Haddad, nem Bolsonaro – que é, verdade seja dito, a posição de muitos eleitores brasileiros, que compraram a ideia de que a volta do PT ao poder equivaleria a uma aventura com o Capitão Caverna. Carta Capital coloca os dois gladiadores na capa, mas não se furta a mostrar seu lado. IstoÉ, da mesma forma, confirma seu lado, mas, como tem sido há algum tempo, de forma tosca e caluniosa. Época, o encarte do Globo de sexta, segue tentando sobreviver buscando “aquele ângulo que ninguém mais viu”, mas a neutralidade é só fachada.

Imagens temporarias 71

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s