Heil Witzel! Candidato ao governo do Rio curte homens fortes e apóia depredação a placa que homenageava Marielle Franco

No Rio, sou Eduardo Paes e DEM desde criancinha. Descrito como “surpresa da campanha”, como se fosse um ser humano decente, Wilson Witzel, candidato do PSC e de Bolsonaro, que chegou à frente no primeiro turno, contrariando todos os institutos de pesquisa, ficou marcado no final da campanha por uma cena odiosa e patética – e as redes sociais não deixam ninguém mais desmentir, no máximo ajoelhar no milho em contrição. Circula livremente pelo território livre da web – e não é fake news, queridas e queridos amigos -, vídeo em que Witzel – sobrenome de origem alemã -, ex-juiz com passagem pela Marinha, aparece em um palanque de campanha, em Petrópolis, no domingo anterior à eleição, em companhia dos então candidatos a deputado federal Daniel Silveira e deputado estadual Rodrigo Amorim, cometendo uma da cenas mais deprimentes da campanha fluminense. Suficiente para depene-lo politicamente no segundo turno – se não fossemos um país descobrindo-se uma republiqueta- ou conceder-lhe tardiamente a Eisernes Kreuz, a Medalha de Ferro do Terceiro Reich.

Imagens temporarias 71-003.jpg
O fascismo, momento a momento. Candidatos bolsominions  arrancam placa que homenageia vereadora assassinada Marielle Franco e depois se juntam a Heil Witzel,!  candidato ao governo do Rio que participou do ritual canalha. No  canto direito, o brasão alemão da família Witzel.

Entusiasmado, ao lado dos dois fortões, e aos gritos de “mito, mito, mito” – sabemos de quem estão falando -, os dois parças bombados arrancam e destroem, na sua cara, uma placa de rua feita em homenagem à vereadora Marielle Franco, mulher, negra, lésbica, mãe e cria da favela da Maré, socióloga, vereadora da Câmara do Rio de Janeiro pelo PSOL, com 46,5 mil votos, assassinada no dia 14/03. Treze Tiros atingiram o veículo, matando também o motorista Anderson. O crime permanece impune. Pois o sujeito que quer governar o Rio – após Garotinho, Rosinha, Cabral, Pezão, fim dos tempos – compactuando com os assassinos de Marielle e prometendo, nada indiretamente, ajudar a “sentar o dedo [atirar] nesses vagabundos”, como um de seus amigos se referiu, diante da platéia colérica, pensa dessa forma. Que tal?

No começo do vídeo, Witzel pede votos para Silveira e depois a câmera mostra o discurso de Amorim em cima do carro de som: “Marielle foi assassinada. Mais de 60 mil brasileiros morrem todos os anos. Eu vou dar uma notícia para vocês. Esses vagabundos, eles foram na Cinelândia, e à revelia de todo mundo, eles pegaram uma placa da Praça Marechal Floriano, no Rio de Janeiro, e botaram uma placa escrito Rua Marielle Franco. Eu e Daniel essa semana fomos lá e quebramos a placa. Jair Bolsonaro sofreu um atentado contra a democracia e esses canalhas calaram a boca. Por isso, a gente vai varrer esses vagabundos. Acabou Psol, acabou PCdoB, acabou essa porra aqui. Agora é Bolsonaro, porra”, gritou Amorim pelo microfone, diante do cara que quer ser governador, braço esquerdo levantado numa saudação…você sabe. Alguns vídeos (Aqui, aqui e aqui).

placa-witzel
Witzel, o fascista bolsominion, candidato ao governo do Rio, participou de ato onde outros políticos depredaram placa sobre Marielle. Votar nele é uma aberração maior que sua falta de postura. 

Como o fascista candidato ao governo do Rio consegue olhar nos olhos de seu filho Erick (Leia), um menino transexual de 24 anos, chef de cozinha, vegano e empreendedor, ninguém sabe. “Seguimos rindo para não chorar, porque a vontade é sumir. Um dia triste para a história do nosso estado e do nosso país”, postou Erick, no Instagram. Detalhe: os canalhas Daniel Silveira e Rodrigo Amorim foram eleitos neste domingo. Resta-nos a esperança de que Wilson Witzel seja mandado de volta para o buraco fascista de onde saiu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s